Seu Desafio

Pick-and-Place com o sistema Cartesiano da Rollon, por que é conveniente

Caso de estudo

Decidir implementar um sistema cartesiano ou robótico para sua aplicação de fabrico não é tão simples como pode parecer. Para automatizar uma tarefa simples na fábrica, mas demorada e potencialmente perigosa, uma empresa de aglomerado pesou os benefícios de um sistema acionador cartesiano em relação aos oferecidos por um sistema robótico.

 

Robô ou cartesiano?

A Chicago Electric foi contatada para projetar um sistema de automação para empilhamento de telas de metal usadas para produzir aglomerado. Essas telas são empilhadas no final do processo e enviadas novamente para o início da linha para reutilização no ciclo seguinte. O processo manual envolvia dois trabalhadores, colocados em lados opostos da linha. O baixo valor acrescentado da tarefa pelos dois operadores levou a empresa a otimizar o processo através da introdução da automação.
“Depois de considerarmos fatores importantes como custo e eficiência, escolhemos um sistema cartesiano em vez de um robô”, afirma Bob Kaska da Chicago Electric.

O uso de um sistema cartesiano requer menos manutenção do que a manutenção de um robô, uma vez que utiliza apenas dois motores em vez de seis. A aplicação também fornece intervalos e capacidades superiores às que um robô pode oferecer. Além disso, a amplitude de movimentos necessária e o peso do produto a ser manuseado teriam tornado a implementação robótica pelo menos duas vezes mais cara do que a solução do sistema cartesiano.

A Chicago Electric concebeu um sistema cartesiano X-Z para empilhar telas de metal construído em torno de um par de atuadores Rollon acoplados. A automação de tarefas liberou os operadores para tarefas de maior valor, melhorando a ergonomia e a eficiência de fases.
“A decisão de seguir o caminho da automação foi impulsionada principalmente pela necessidade de tornar a aplicação mais segura”, disse Kaska. “A tarefa envolvia movimentos repetitivos e a coordenação de duas pessoas. Para colocar a tela na correia móvel, era necessário que os operadores se aproximassem do equipamento, expondo-os a potenciais perigos.”

actuadores lineares rollon

Redução do tempo de ciclo

O sistema cartesiano X-Z concebido pela Chicago Electric é um sistema pick-and-place que reduz o tempo de ciclo de 30 para 15 segundos, ao mesmo tempo que melhora a segurança. Esse sistema pick-and-place totalmente automático desloca-se 3,7 m na horizontal e 1,2 m na vertical para empilhar telas metálicos. O eixo X do sistema tem uma velocidade de 1,3 m/s e uma força de 270 kg. Seu eixo Z tem um curso de 122 cm e uma força de 224 kg. Também no eixo Z, o sistema cartesiano dispõe de uma ferramenta magnética resistente que se inclina quando a ferramenta cai. O sistema pick-and-place da Chicago Electric também dispõe de uma barra de topo de 1.27 polegadas que é engatada por um transportador de corrente e utilizada para ligar as telas de aço.

 

Gostaria de saber mais sobre as oportunidades de automação oferecidas pelos atuadores Rollon?

Subscrever

Junte-se ao Rollon World e receba a nossa actualização mensal na sua caixa de correio

Seleccione o seu país

Pergunte a Rollon

Nossos especialistas conseguem resolver seus desafios

INSCREVA-SE NO SEU NOVO ESPAÇO PESSOAL

Renove a sua inscrição.
Bem-vindo à nova experiência digital da Rollon. Você já tem uma conta no Rollon.com?
Para continuar a usufruir das vantagens da sua área pessoal e descobrir as novas funcionalidades, por favor siga o link abaixo para efetuar um novo registo.

COMPLETAR MEU CADASTRO